Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/1668
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relações de gênero, trabalho e formação docente : experiências de mulheres da Escola Estadual Valnir Chagas, Aracaju/SE
Autor: Santana, Anabela Mauricio de 
Primeiro orientador: Cruz, Maria Helena Santana
Resumo: Esta pesquisa teve por objetivo analisar sob a perspectiva de gênero, o sentido, o significado do trabalho, a valorização da qualificação e de novas competências para as professoras do Ensino Fundamental da Escola Estadual Professor Valnir Chagas na cidade de Aracaju/SE, destacando avanços obtidos na construção da identidade, na ampliação dos direitos e da cidadania. Para a configuração do objeto de estudo, fizeram-se necessárias algumas incursões entre as áreas da Sociologia e da Educação. O referencial histórico-dialético adotado pressupõe que todas as atividades humanas são mediadas pela cultura, visto que, em se tratando de seres humanos, não existem fenômenos naturais. Desta forma, as relações de gênero são construções sociais, possuem base material e representam o processo da produção dos lugares de poder de homens e mulheres na sociedade. A opção preferencial pela pesquisa qualitativa, do tipo estudo de caso, refere-se ao fato de ele tanto poder analisar uma unidade como estudos múltiplos, visto que um caso é uma unidade específica, um sistema delimitado cujas partes são integradas. A metodologia recaiu na abordagem qualitativa por esta permitir a coleta e análise de dados de maneira aprofundada considerando-se os aspectos explícitos e implícitos do fenômeno estudado, além de proporcionar a explicitação das subjetividades, ou seja, não só evidenciam-se os aspectos sociais, econômicos, políticos, ideológicos e culturais, mas também as maneiras de pensar, agir e sentir dos sujeitos pesquisados, remontando a fatos que dão contorno à realidade, apreendendo as causas constitutivas e determinantes dos fenômenos. A abordagem metodológica mostrou-se relevante para o conhecimento das situações concretas de trabalho das docentes, para que, através das relações sociais observadas, possam ser apontados elementos capazes de informar análises que contribuíssem para a melhor compreensão das transformações nas relações sociais de gênero. Foram consultadas diferentes fontes de informação: documentos, estatísticas oficiais, priorizando-se as fontes orais por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com sete professoras da referida escola. A dialética das diferenças emerge nos sentidos e significados atribuídos ao trabalho e à qualificação. As docentes não mostram familiaridade com a abordagem de gênero; elas tendem a expressar representações naturalizadas sobre a construção das diferenças. A histórica divisão social e sexual do trabalho dificulta o processo de construção de identidades, e, por conseguinte, a ampliação dos direitos e da cidadania. Mesmo diante das dificuldades enfrentadas, contraditoriamente elas consideram que os atributos de gênero não interferem na construção de seus projetos profissionais e vice-versa, definindo possibilidades de qualificação, mobilidade no mercado de trabalho.
Abstract: This research aimed to analyse under the perspective of gender, the sense, the meaning of work, the valuation of qualification and new skills for the Primary Education teachers of the State School Professor Valnir Chagas in the city of Aracaju/SE, highlighting advances achieved in the identity construction, the expansion of rights and citizenship. For the object of study configuration, it was necessary some incursions among the Sociology and Education areas. The adopted historical-dialectical referential assumes that all human activities are mediated by culture, in other words, in the case of human beings there are not natural phenomena. Thus, gender relations are social constructions that have got material basis and represent the production process of the seats of power of men and women in society.The preferential option for the qualitative research, of study case type, refers to the fact that it may either analyse a unit or multiple studies, since a case is a specific unit, a delimitated system whose parts are integrated. The methodology fell in the qualitative approach for permitting the collection and analysis of data in depth regarding the explicit and implicit aspects of the studied phenomenon, besides providing the explanation of subjectivities, in other words, not only the social, economic, political, ideological and cultural aspects become evident, but the ways of thinking, acting and feeling of the studied subjects as well, dating back to facts that outline the reality, seizing the constitutive and determinants causes of phenomena.The methodological approach proved relevant to the knowledge of concrete work situations of teachers so that, through social relationships observed, it may be appointed elements able to inform analyses that contributed to a better understanding of transformations in the social gender relations. Different sources of information were consulted: documents, official statistics, prioritizing oral sources through semi-structured interviews conducted with seven teachers of that school. The dialectic of differences emerges in the senses and meanings attributed to work and qualification. The teachers do not show familiarity with the gender approach, they tend to express naturalised representations about the differences construction. The social and sexual historical division of labour complicates the process of identity construction, and therefore the expansion of rights and citizenship. Even before the faced difficulties, they contradictorily regard that the gender attributes do not affect their professional projects construction and vice versa, defining possibilities of qualification and mobility in the labour market.
Palavras-chave: Trabalho
Trabalho docente
Ensino fundamental
Gênero
Identidade
Educação
Professoras
Divisão do trabalho por sexo
Feminismo e educação
Ensino fundamental
Labour
Teaching job
Primary education
Gender
Identity
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da instituição: UFS
Departamento: Educação
Programa: Pós-Graduação em Educação
Citação: SANTANA, Anabela Mauricio de. Relações de gênero, trabalho e formação docente : experiências de mulheres da Escola Estadual Valnir Chagas, Aracaju/SE. 2014. 221 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/1668
Data de defesa: 9-Abr-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ANABELA_MAURICIO_SANTANA.pdf8,46 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.