Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/1683
Tipo do documento: Dissertação
Título: A reestruturação organizacional do modelo de saúde e o processo de educação permanente no SUS
Título(s) alternativo(s): The restructuring of the organizational model of health and education process in SUS (Brazilian Integrated Health System).
Autor: Borges, Josefa Lusitânia de Jesus 
Primeiro orientador: Cruz, Maria Helena Santana
Resumo: A reestruturação organizacional, administrativa e racionalizadora, sofrida no âmbito dos serviços de saúde pública comportou dimensões políticas e foi protagonizada pelo Movimento Sanitário. Adotando uma perspectiva histórica e visão de totalidade na abordagem da relação entre Educação, Trabalho e Saúde, este estudo objetiva analisar o processo de formação desenvolvido no Centro de Educação Permanente em Saúde (CEPS) em Aracaju/SE conforme princípios orientadores da Política de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde. O objeto de estudo integra as experiências dos enfermeiros participantes desse processo de formação, desenvolvido com base na reestruturação organizacional do modelo de saúde e da política de qualificação empreendida no período de 2002 a 2006. A abordagem qualitativa por meio estudo de caso possibilitou a consulta de diferentes fontes como bibliografia, documentos: relatório de gestão, projeto político pedagógico da Especialização Integrada em Saúde Coletiva (EISC), e a realização de dezessete entrevistas semi-estruturadas com os enfermeiros que participaram da EISC. Especial destaque foi atribuído à pedagogia do fator de exposição, utilizada no CEPS, significando um modo de ver e intervir, uma possibilidade pedagógica real e coerente de se exercer uma ação educacional política problematizadora da realidade, visando à transformação das práticas com base nos conteúdos trabalhados. Os dados descobrem as dificuldades dos trabalhadores/educandos/enfermeiros assumirem com autonomia a condução do seu processo de aprendizagem. Para o trabalho em saúde, eles valorizam as competências relacionais, comportamentais ligadas à responsabilização e as competências técnico-instrumentais, relacionadas aos conhecimentos científicos. Observam-se impactos no processo de trabalho dos enfermeiros com a introdução de tecnologias leves, por meio do acolhimento, dinâmica utilizada no sistema de saúde local de Aracaju. São recomendadas a utilização de metodologias de ensino-aprendizagem favoráveis à formação de sujeitos questionadores, capazes de resolver problemas, posicionarse e responsabilizar-se, interagir e dialogar com o outro.
Abstract: Headed by the Sanitary Movement, Brazilian Public Health Services undergone a comprehensive organizational, managerial and streamlined restructuring with political dimensions. This study aims at examining the training process developed at CEPS Center of Continuing Education in Health in Aracuju, State of Sergipe addressing the relation among Education, Work and Health under a historical perspective and global overview in compliance with the guiding principles of the Ministry of Health Management Policy of Work and Education. The object hereof includes the experiences of nurses participating in this training process, which was developed from 2002 to 2006 grounded on the restructuring of the organizational model of health and qualification policy. The qualitative approach using case study allowed the consulting of various sources such as: literature, documents, management reports, political and pedagogical project of Expertise Integrated in Public Health EISC , and the implementation of seventeen semi-structured interviews with the nurses who participated in the EISC. Special attention was given to the teaching of the exposure factor, used in the CEPS, meaning a way of seeing and intervening a real and coherent pedagogical possibility for the exercise of a critical educational reality-related policy envisaging the transformation of the actual practices based on the contents worked upon. The data reveal the challenges faced by the workers, students and nurses in assuming with independence the conduction of the learning process. To the work in health, they value the relational skills, behavioral and accountability related to the technical-instrumental skills, related to scientific knowledge. By means of reception, dynamic health system employed in the local health system of Aracaju, the introduction of soft technologies brought about impacts in the nurses´ working process.The use of teaching/learning methodologies is hereby recommended in order to form questioning individuals, able to solve problems, and as well as to take stand and be responsible, interacting and dialoguing with each other.
Palavras-chave: Trabalho
saúde
educação permanente
Labor
health
education
continuing education
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da instituição: UFS
Departamento: Educação
Programa: Pós-Graduação em Educação
Citação: BORGES, Josefa Lusitânia de Jesus. The restructuring of the organizational model of health and education process in SUS (Brazilian Integrated Health System).. 2009. 198 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/1683
Data de defesa: 15-Jun-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
JOSEFA_LUSITANIA_JESUS_BORGES.pdf1,12 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.