Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/2167
Tipo do documento: Tese
Título: Gestão social nos territórios rurais : limites e possibilidades do agreste de Alagoas
Autor: Alcantara, Fernanda Viana de 
Primeiro orientador: Costa, José Eloízio da
Resumo: A temática do desenvolvimento territorial despertou interesses de diferentes áreas do conhecimento. Torna-se necessário uma análise sobre a abordagem do desenvolvimento territorial no Brasil, que ganhou maior expressão no início do século XXI. A tese em tela tem como objetivo realizar reflexões em torno do processo de elaboração e implementação das ações territoriais para a promoção do desenvolvimento em áreas rurais. Retoma-se a discussão sobre a experiência do planejamento brasileiro, no intuito de compreender a construção de processos de mediação capazes de orientar e operacionalizar as políticas territoriais, visa encaminhar os interesses para a discussão sobre a problemática da governança. A pesquisa é de caráter exploratório-investigativo, aborda e pondera o desenvolvimento territorial por meio da análise, parti do levantamento e revisão bibliográfica referente à temática, e da análise de dados obtidos por meio de trabalho de campo, como as entrevistas dos principais atores sociais vinculados a entidades e membros de movimentos sociais que contribuem no processo de desenvolvimento territorial, tomando como parâmetro a instância principal: os Colegiados Territoriais Rurais. Reconhece-se que a participação da sociedade civil na elaboração das políticas públicas é significativa e propicia a transcendência de aparentes contradições de interesses e visões inerentes ao domínio público e privado, especialmente, quando se refere aos meios rurais, onde se procura aumentar a densidade de compromissos e de respostas. Trata-se de responder ao desafio do desenvolvimento territorial, face à dificuldade para constituir capacidade governativa de compromissos múltiplos no entrosamento estratégico. Refere-se ao reconhecimento da importância da participação e interação de diferentes atores sociais na tentativa de delinear caminhos para o desenvolvimento territorial. No âmbito da discussão do desenvolvimento territorial, o trabalho faz vínculo com as referências do debate sobre o meio rural em Portugal, em especial o contato com as Associações de Desenvolvimento Local de Portugal, embora se considere as significativas e notórias diferenças sobre a dimensão territorial e aos aspectos sócio-econômicos e ambientais existentes entre os dois países. O resultado da pesquisa evidencia que a política de desenvolvimento territorial rural no Brasil é um processo em construção que passa por dificuldades nos pilares de implantação e sustentação, dentre os quais se destaca a gestão social. Dados e análises realizadas revelam que ocorreu um processo de mudança na forma e nos desdobramentos das ações no meio rural, e que há avanços no sentido de inovações nos instrumentos de participação e de valorização das forças locais, como o ajuntamento de diferentes representações que são heterogêneas, mas buscam encontrar meios de reduzir as disparidades sociais no meio rural por meio da gestão, entretanto, ainda de forma frágil.
Abstract: The theme of territorial development has attracted interests of different areas of knowledge. In this sense, it becomes necessary to think about the approach of territorial development in Brazil, which became wider at the beginning of the XXI century. This particular thesis aims to perform reflections on the process of preparing and implementing territorial actions to promote a development in rural areas; in this regard the discussion about the experience of Brazilian planning is recognized, and it is also aimed to understand the challenge of construction of mediation processes which are able to guide and operationalize territorial policies; it also aims to forward the interests for discussion that evidences the problematic of social management. The research has an exploratory and investigative character, performing an approach that ponders the territorial development through an analysis, from survey and literature review on the theme, and the analysis of data obtained through fieldwork, such as interviews with the main social actors bound to entities and members of social movements that contribute in the process of territorial development, taking as a parameter the main instance: the Rural Territorial Collegiate. It is acknowledged that the participation of civil society in the elaboration of public policies is significantly important, providing the transcendence of apparent contradictions of interests and visions inherent to public and private domain, particularly when referring to rural environments, in which an increasing on density of commitments and responses is aimed. It is to respond to the challenge of territorial development, in the face to the difficulty in forming government capacity of multiple commitments on strategic interplay of the actors. It refers to the recognition of the importance of the participation and interaction of different social actors in the attempt of delineating ways to territorial development. Also regarding to the discussion of territorial development, this job is linked to the references of the discussion about the rural environment in Portugal, especially the discussion of governance, through contact with Portugal Local Development Associations, although it is considered the significant and notable differences regarding to the territorial dimension and the socio-economic and environmental issues between these two countries. As a result of the research, it is evidenced that the Rural Development Policy in Brazil is a process in construction that still goes through difficulties regarding to its supporting pillars among which is called attention to social management; the data and conducted analysis reveal that there was a process of change in the manner and consequences of action planning in rural environment, and also reveal that there is an advance regarding to the innovation in the instruments of participation and valuing of local forces, from the point of view of the togetherness of different representations that are heterogeneous. And therefore, they try to find the ways to reduce social disparities in rural environment, through management, but still in a fragile way.
Palavras-chave: Geografia agrícola
Desenvolvimento rural
Agricultura e Estado
Território nacional
Divisões territoriais e administrativas
Divisões territoriais e administrativas - Alagoas
Espaço rural
Governança
Administrative and political divisions
Administrative and political divisions
Agricultural geography
Agriculture and state
Alagoas (Brazil)
Rural development
Territory, National
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: 
Instituição: 
Sigla da instituição: 
Departamento: Geografia
Programa: Pós-Graduação em Geografia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/2167
Data de defesa: 3-Out-2013
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
FERNANDA_VIANA_ALCANTARA.pdf3,66 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.