Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/434
Tipo do documento: Tese
Título: Itinerários e "lutas": o engajamento de lideranças dos movimentos homossexual e LGBT em Sergipe (1981-2012)
Autor: Melo, Marcos Ribeiro de 
Primeiro orientador: Seidl, Ernesto
Resumo: O presente trabalho investigou o engajamento de lideranças dos movimentos homossexual e LGBT no estado de Sergipe, a partir dos itinerários de vinte e cinco ativistas entre os anos de 1981 e 2012. A pesquisa focalizou as condições de constituição da mobilização, as mudanças das lutas ao longo das décadas, as redes sociais (formais e informais) forjadas pelos líderes e a ligação desses agentes com as causas . Para este fim foram realizadas entrevistas biográficas, análises documentais e o registro de observações de eventos e reuniões num diário de campo. Os dados apontam que a abertura política provocada pelo arrefecimento da ditadura militar no início da década de 1980 foi uma importante oportunidade política para o surgimento de uma mobilização homossexual organizada naquele período em Sergipe, assim como a redes que se estabeleceram com outras associações homossexuais brasileiras, principalmente com o Grupo Gay da Bahia. Contudo, somente a partir da segunda metade daquela década, com o aparecimento do HIV/AIDS e a aproximação com o Estado, foi possível iniciar um processo de institucionalização da mobilização que se consolidou nas décadas seguintes. Os investimentos estatais no combate ao HIV e o reconhecimento da vulnerabilidade social dos homossexuais, a partir dos anos 1990, tiveram como efeito a segmentação identitária e a construção de diversificadas políticas públicas voltadas às novas bandeiras que começavam a despontar no cenário político LGBT. Essa nova aproximação com o Estado, na década de 2000, também foi impulsionada, em Aracaju, pela ascensão política do PT e PCdoB, o que fez com que algumas lideranças começassem a fazer parte do quadro estatal em assessorias, cargos de comissões e coordenações. Ao mesmo tempo, nacionalmente e em consonância com o movimento, o governo federal investiu na formação de novas lideranças e no fortalecimento das associações existentes, o que confirma a convergência políticaideológica entre as duas esferas políticas.
Abstract: This work investigated the engagement of leaders from the gay and LGBT movements in Sergipe through the itineraries from twenty-five activists between 1981 and 2012. The research focused in the emergence of the mobilization, changes of "struggles" over the decades, the social networks (formal and informal) forged by the leaders and the connection of these agents with the "causes . For this purpose were conducted biographical interviews, documentary analysis and observations of events and meetings. The data indicate that the political opening in the early 1980s was an important political opportunity for the emergence of a homosexual mobilization that period in Sergipe, as well as the networks established with others brazilian homossexual associations, especially with Grupo Gay da Bahia. However, only from the second half of the decade, with the advent of HIV / AIDS and the approximation to the state, it was possible to start a process of institutionalization of the mobilization that was consolidated in the following decades. State investments in "HIV" and the "recognition of social vulnerability" of homosexuals, in the 1990s, had created new sexual identities and defined new "flags" that were beginning to emerge on the LGBT political scene. This other approach with the state in the 2000s, held in Aracaju with the political rise of the PT and PCdoB, enabled some leaders began to be part of the state in advising, committee positions and coordinations. At the same time, nationally, and in line with the movement, the federal government invested in the training of new leaders and strengthening of existing associations, which confirms the political-ideological convergence between the two political spheres.
Palavras-chave: Sociologia
Homossexualismo
Movimentos sociais
Movimentos sociais em Sergipe
Engajamento
Militância
Homossexualidade
LGBT
Estado
Gays
Homosexuality
Sergipe (Brazil)
Social movements
Social movements
Sociology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da instituição: UFS
Departamento: Sociologia
Programa: Pós-Graduação em Sociologia
Citação: MELO, Marcos Ribeiro de. Itinerários e "lutas": o engajamento de lideranças dos movimentos homossexual e LGBT em Sergipe (1981-2012). 2013. 226 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/434
Data de defesa: 30-Ago-2013
Aparece nas coleções:Doutorado em Sociologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
MARCOS_RIBEIRO_MELO.pdf2,91 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.