Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/435
Tipo do documento: Tese
Título: Nanotecnologias e mercantilização da vida humana
Autor: Calazans, Diego Rodrigues Souto 
Primeiro orientador: Silva, Tânia Elias Magno da
Resumo: O presente estudo analisa a relação entre as inovações tecnocientíficas no campo das nanotecnologias que permitem manipular os constituintes fundamentais do corpo humano e o processo de mercantilização da vida humana, como disponibilização comercial desses constituintes. A tese foi elaborada usando textos disponíveis na internet como corpus documental. Foram analisados artigos, textos jornalísticos e relatórios referentes à definição e história das nanotecnologias, bem como suas aplicações nas áreas médicas. Como esse trabalho trata de dois objetos em campos de estudo diferentes, as nanotecnologias e a mercantilização, sua base teórica é necessariamente ampliada para dar conta do tema. O estudo constatou a forte interdependência entre tecnociências e sociedade, particularmente entre tecnociências, capital e Estado. Essa interdependência é o que conecta o conceito de disponibilidade técnica, isto é, a possibilidade de dispor tecnicamente de porções cada vez maiores do mundo com o advento de inovações como as trazidas pelas nanotecnologias, ao conceito de mercantilização da vida humana. As inovações são produzidas com o objetivo de serem mercantilizadas e os investidores encaram as inovações como a principal fonte de novas mercadorias. Apontado como irreversível por seus defensores, o processo de mercantilização é limitado tanto por regulações estatais que respondem a demandas de setores da sociedade civil quanto pela rejeição dos consumidores, espontânea ou organizada na forma de boicotes. Essas limitações podem tornar inviável a produção e/ou distribuição da mercadoria desenvolvida a partir dessas inovações tecnológicas.
Abstract: This study examines the relationship between the technoscientific innovations in the field of nanotechnologies that allow us to manipulate the fundamental constituents of the human body and the process of commodification of human life, ie the commercial availability of the constituents of human body. This thesis has been developed by using texts available on the internet. Articles, newspaper articles and reports relating to the definition and history of nanotechnology and its applications in medical areas were analyzed. As this paper deals with two objects in different fields of study, nanotechnologies and commodification, its theoretical basis is necessarily extended to account for the topic. The study found a strong interdependence between technoscience and society, particularly among technosciences, capital and the state. This interdependence is what connects the concept of technical availability, ie the possibility of having technically increasingly larger portions of the world with the advent of innovations as brought by nanotechnology, to the concept of commodification of human life. Innovations are produced with the objective of being commodified and investors perceive innovations as the main source of new goods. Appointed as irreversible by its advocates, the process of commodification is limited both by state regulations that respond to demands from civil society and by the rejection of consumers, spontaneous or organized in the form of boycotts. These limitations can cripple production and/or distribution of merchandise developed from these technological innovations.
Palavras-chave: Sociologia
Nanotecnologia
Inovações tecnológicas
Biotecnologia
Sociedade de massa
Sociology
Nanotechnologies
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da instituição: UFS
Departamento: Sociologia
Programa: Pós-Graduação em Sociologia
Citação: CALAZANS, Diego Rodrigues Souto. Nanotecnologias e mercantilização da vida humana. 2014. 213 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/435
Data de defesa: 17-Set-2014
Aparece nas coleções:Doutorado em Sociologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
DIEGO_RODRIGUES_SOUTO_CALAZANS.pdf1,63 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.