Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/437
Tipo do documento: Tese
Título: A grande transformação : a formação sacerdotal da Arquidiocese de São Paulo (1958-1984)
Autor: Bárbara Junior, Camilo Antônio Santa 
Primeiro orientador: Mueller, Antony Peter
Resumo: Esta tese trata das transformações na formação sacerdotal da Arquidiocese de São Paulo entre os anos de 1958 e 1984, concentrando-se nas seguintes dimensões: regime de funcionamento, regime disciplinar, práticas espirituais e formação intelectual. Embora as mudanças sejam da natureza das instituições sociais, esse período foi caracterizado por mudanças bastante intensas na formação sacerdotal no sentido de uma crescente secularização das práticas e do discurso religiosos. Esta tese, baseando-se no instrumental teórico desenvolvido pelo sociólogo Peter Berger, analisa as correlações entre a modernização da sociedade paulistana, com o seu consequente processo de secularização objetivo e subjetivo, e as mudanças ocorridas no seio da formação sacerdotal arquidiocesana. Dessa forma, à medida que o Brasil e a cidade de São Paulo centro avançado da modernização brasileira foram introduzidos na espiral do rápido processo de secularização, a formação tradicional católica tornou-se disfuncional aos interesses do catolicismo. Afinal, a cada forma de organização social correspondeu certo tipo de sacerdote católico, cuja função foi conservar ou aumentar a estrutura de dominação do catolicismo. Para isso, foi preciso fortalecer a sua estrutura de plausibilidade, isto é, a base social que torna um discurso relevante socialmente. Dentro do contexto do regime militar e da abertura da Igreja Católica ao mundo, com a política eclesiástica do Concílio Vaticano II, d. Paulo Arns resolveu inserir a Arquidiocese nas lutas pelos direitos humanos e na crítica do modelo de desenvolvimento brasileiro. Dessa forma, optou pela inserção do catolicismo arquidiocesano no âmbito dos interesses e realidades seculares, tendo em vista que a clientela religiosa secularizada da cidade de São Paulo tem as questões seculares no centro de seus interesses. Para isso, teve de operar uma reordenação da pastoral arquidiocesana, inclusive, da formação sacerdotal, a fim de adequá-la à nova práxis pastoral. Esse processo de secularização da consciência religiosa conduziu ao fim da atividade formativa no seminário e à reforma da faculdade de teologia de acordo com os cânones do pensamento secular. Por isso, surgiu uma nova modalidade de formação sacerdotal e um novo discurso religioso secularizado que a legitimava: a teologia da libertação.
Abstract: This thesis examines the changes in priestly formation at the Archdiocese of São Paulo between 1958 and 1984, focusing on the following dimensions: working method, disciplinary measures, spiritual practices and intellectual formation. Although the changes are concerned with the nature of social institutions, this period was characterized by very intense changes in priestly formation towards an increasing secularization of the religious practices and discourse. This thesis, based on the theoretical tools developed by the sociologist Peter Berger, examines the correlations between the modernization of São Paulo society, with its consequent objective and subjective secularization process, and changes occurred in the archdiocesan priestly formation. Therefore, as Brazil and the city of São Paulo - advanced center of Brazilian modernization - were introduced in the spiral process of rapid secularization, traditional Catholic education has become dysfunctional to the interests of Catholicism. After all, to each form of social organization corresponded certain kind of Catholic priest whose function was to conserve or enhance the structure of domination of Catholicism. For this, it was necessary to strengthen its plausibility structure, namely, the social base that makes it a socially relevant discourse. Within the context of the military regime and the opening of the Catholic Church to the world, with the ecclesiastical politics of Vatican II, d. Paulo Arns decided to put the archdiocese in the struggle for human rights and criticism of the Brazilian development model. Thus, opted to introduce archdiocesan Catholicism into the interests and secular reality, considering that the secularized religious clientage of São Paulo has secular issues at the center of their interests. For this, had to operate a reordering of archdiocesan pastoral, including priestly formation in order to adapt it to new pastoral praxis. This process of secularization of religious consciousness led to the end of educational activity at the seminary and the reform of theology school in accordance with the canons of secular thought. Therefore, emerged a new kind of priestly formation and a new secularized religious discourse that legitimated it: liberation theology.
Palavras-chave: Secularização
Estrutura de plausibilidade
Secularização subjetiva
Seminário
Catolicismo
Arquidiocese de São Paulo (SP)
Religião e sociologia
Seminaristas
Secularization
Plausibility structure
Subjective secularization
Seminary
Catholicism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da instituição: UFS
Departamento: Sociologia
Programa: Pós-Graduação em Sociologia
Citação: BÁRBARA JUNIOR, Camilo Antônio Santa. A grande transformação : a formação sacerdotal da Arquidiocese de São Paulo (1958-1984). 2014. 257 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/437
Data de defesa: 29-Ago-2014
Aparece nas coleções:Doutorado em Sociologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
CAMILO_ANTONIO_SANTA_BARBARA_JUNIOR.pdf1,77 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.