Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/438
Tipo do documento: Tese
Título: Os bastidores da sociedade civil : oportunidades políticas e estruturas de mobilização na construção de redes de defesa dos direitos humanos
Autor: Silva, Antonio Cesar Machado da 
Primeiro orientador: Neves, Paulo Sérgio da Costa
Resumo: A presente tese propõe-se explicar as lógicas de funcionamento e as transformações atravessadas pela rede de defesa dos direitos humanos no Estado do Espírito Santo, ao longo das últimas décadas, lembrando que os arranjos estabelecidos tendem a se modificarem durante os conflitos o que implica alterações na própria estrutura do confronto. Nesse processo, procura-se mostrar como as oportunidades políticas e as estratégias de mobilização influenciam no sucesso das ações, por exemplo, na captação de recursos, como dinheiro e influência. Do mesmo modo, a dinâmica mobilizatória tende a influenciar no enquadramento da realidade dos militantes. Em outras palavras, o conteúdo do confronto não é dado a priori, varia conforme as articulações estabelecidas pelas entidades e as contingências do entorno do embate. Dentre as descobertas destaca-se a existência de quatro ciclos de confrontos: o primeiro no início dos anos 80, momento quando das primeiras mobilizações civis na Grande Vitória durante o fim do Regime Militar, marcado pela eclosão de inúmeras entidades dedicadas a garantir os direitos mais básicos para as populações da periferia, assim os direitos humanos são enquadrados a partir da justiça social, muito em função do apoio da Igreja Católica, dos sindicatos e do movimento estudantil; logo após começam os embates contra o crime organizado infiltrado no Estado a constituir um ambiente de desmandos e corrupção generalizada no Espírito Santo. Nessa época, o movimento volta-se para a defesa da probidade administrativa e combate à impunidade, aproximando-se de operadores do direito, com vistas a legitimar suas ações em ações que saem das ruas em direção aos tribunais. À medida que tais conflitos perdem força, o movimento assume novo enquadramento, dedicando-se ao respeito da Lei de Execuções Penais e ao combate à tortura e às más-condições nas prisões capixabas. O último ciclo de confronto refere-se à aprovação e execução do Programa Estadual de Direitos Humanos (PNDH) e do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos (PeEDH), vistos pelo movimento como potenciais formas de superar os estigmas relacionados ao tema. Em fim, tanto as oportunidades políticas surgidas ao longo dos conflitos, quanto os recursos disponíveis influenciam as entidades a adotarem estratégias como a especialização e ação em redes com vistas ao sucesso em suas ações.
Abstract: This thesis aims to explain the operating logic and transformations over the network of human rights organizations in the Espírito Santo (Brazil) over the past decades. Recalling that the established arrangements tend to shift along the conflicts which imply changes in the structure of confrontation. In this process we try to show how political opportunities and mobilization strategies influence the success of the actions, for example, in capturing resources, as money and influence. Likewise the dynamic of mobilization tends to influence the framework of the reality of militants. In other words the content of the confrontation is not given a priori varies according the connections established by the entities and the contingencies surrounding the clash. Among our findings we highlight the existence of four cycles of confrontation, being the first in the early 80´s when occurs for the first time civil mobilizations in Grande Vitória during the end of the military regime, marked by the emergence of numerous organizations dedicated to ensuring the most basic rights to populations of the periphery, for this reason the human rights are framed as social justice, much due to the support of the Catholic Church, unions and student movement; soon after beginning the clashes against organized crime infiltrated in the State to be a malpractice environment and widespread corruption in the Espírito Santo. There is this time when the movement act to the defense of administrative probity and combat the impunity, approaching law enforcement officers, in order to legitimize their actions, leaving the streets towards the courts. As such conflicts lose strength the movement assumes new framework dedicated to the respect of the Criminal Law and the fight against torture and the bad conditions in capixaba prisons. The last confrontation cycle refers to the approval and implementation of the Programa Estadual de Direitos Humanos (PEDH) and the Programa Estadual de Educação en Direitos Humanos (PeEDH), seen by the movement as potential ways to overcome the stigmas related to the topic. In the end, both the political opportunities that have arisen over the conflict, as the available resources influence the entities to adopt strategies such as specialization and action networks in order to get success in their actions.
Palavras-chave: Movimentos sociais
Oportunidades políticas
Ciclos de confronto
Social movements
Political opportunities
Contention cycles
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da instituição: UFS
Departamento: Sociologia
Programa: Pós-Graduação em Sociologia
Citação: SILVA, Antonio Cesar Machado da. Os bastidores da sociedade civil : oportunidades políticas e estruturas de mobilização na construção de redes de defesa dos direitos humanos. 2015. 305 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.ufs.br/handle/tede/438
Data de defesa: 13-Mai-2015
Aparece nas coleções:Doutorado em Sociologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ANTONIO_CESAR_MACHADO_SILVA.pdf2,15 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.